Black Blue Cab.png
Buscar

Lançamentos: Still Alive | Hit the Noise

Produção ao vivo, naturalmente mais crua, apresenta o punch real das composições da banda.



Medidas para preservar vidas são essenciais em meio à pandemia da covid-19. O vírus é real, mas nem mesmo a doença do novo coronavírus vai matar o rock, tão lúdico e eletrizante como o material ao vivo que a Hit The Noise acaba de lançar nas plataformas digitais – é o que destaca a capa do EP Still Alive.


Still Alive contém três músicas, gravadas no segundo semestre de 2020 no Estúdio Legato (em Porto Alegre). O EP foi produzido pela banda e apresenta a nova formação com Marcel Bittencourt no baixo (ex-Rebel Machine), o responsável pela mix e master das faixas. Completam a Hit the Noise Luciano Schneider (vocalista), Leonardo Theobald (guitarrista) e Daniel Sasso (baterista).


As músicas da live session que resultam no EP transmitem um pouco da carga explosiva da banda nos palcos. Neste material, a produção - ao vivo - é naturalmente mais crua, que serve para apresentar o punch real das composições da Hit The Noise.


A música de abertura é a pesada e sombria ‘Poor Spirit’, o primeiro single do disco, com influência do heavy metal da década de 1970. A seguinte é ‘Sabotaged’, com um pé no hard rock, uma levada diferente e um refrão marcante. A direta ‘To The Moon’ encerra o EP Still Alive, que flerta com o stoner rock.


A banda explica o diferencial deste material ao vivo: “A maior diferença está no clima. São momentos bem diferentes da banda, entre o que foi captado no disco na época e o que entregamos nessa live session. Tem mais veracidade. Dá pra sentir muito mais da energia da banda e ter um pouco da experiência do que seria a Hit The Noise em cima do palco”.


Nova formação

Sobre a estreia de Marcel, a Hit the Noise aponta que mudou a pegada, uma vez que o baixista toca muito mais de palheta do que o anterior no posto.


“O clima também se renova quando um novo integrante chega, ainda mais com um cara experiente que já vinha de um trabalho muito sólido com uma banda que a gente admira (Rebel Machine). Mas fora a parte musical, a banda ganhou também em experiência com produção musical e music business”.



Gostou? Compartilhe!


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo