Buscar

Vener: Ondas sísmicas emanam da Suécia

A dupla eletrônica de Estocolmo funde elementos de Pós-punk e Dance Music moderna, atacando os ouvintes com faixas rítmicas guiadas por batidas e imagens atmosféricas.




Descrita como "Dance Music em um cenário de um mundo desmoronando" ou "sons adequados para um evento em nível de extinção", Vener começou em 2019 com a ambição de dois músicos da cena de Estocolmo, Mirella Hautala e Oliver Gille Vowden, de combinar temas revigorantes , como as turbulências da vida, a obscuridade da humanidade e a ambivalência em relação a um declínio constante, com diversos elementos musicais, valorizando o ritmo e a intensidade.

Alimentado por uma ampla gama de inspirações musicais, como Killing Joke, Big Black, Underworld, Trans Am, Gazelle Twin e Cabaret Voltaire, o primeiro single da banda, “Tremors”, certamente causará ondas sísmicas em qualquer pista de dança. A voz de Hautala nos guia através a uma batida caótica, levando-nos à consciência. Sim, isso não é easy-listening, isto não é simplesmente um loop de de oito compassos para dançar sem pensar, você sente e ouve a música enquanto seus pés lhe embalam no ritmo.

O lado B, “Conscience”, é um monstro completamente diferente. Uma música atmosférica e downbeat que prova que Vener não é um mágico de um truque só, e deixa você se perguntando o que um álbum completo poderia trazer.

Veja "Tremors", o primeiro vídeo de Vener.

Gostou? Compartilhe!


Notícias relacionadas:


© 2020 by Black / Blue Rock News

  • White Facebook Icon