Buscar

Músicas favoritas: Bela Lugosi’s Dead - Bauhaus.

Atualizado: Set 14

Se você precisa definir gótico a um novato menos de 10 minutos, basta colocar o single de estreia do Bauhaus e relaxar.



Depois de apenas seis semanas como uma banda, o vocalista Peter Murphy, o guitarrista Daniel Ash, e os irmãos Haskins, o baixista David J e o baterista Kevin, entraram no estúdio pela primeira vez como Bauhaus. O que deveria ser apenas uma demo session se tornou o nascimento de uma das canções mais icônicas de todos os tempos.

"Bela Lugosi's Dead" foi gravada "ao vivo no estúdio" em uma única tomada durante uma sessão de seis horas no Beck Studios em Wellingborough em 26 de janeiro de 1979. Todos os quatro membros da banda são creditados como escritores da música: vocalista Peter Murphy, guitarrista Daniel Ash, o baterista Kevin Haskins e o baixista David J (como David Haskins). David J afirma que escreveu as letras depois de assistir o filme Drácula de Lugosi.

A música tem mais de nove minutos de duração; com uma introdução longa e esparsa, conduzida pelo riff de baixo assombrado e a batida “bossa nova” de Haskins sobre uma guitarra influenciado pelo dub e cheia de efeitos. Os vocais começam onde a maioria das canções punk já teria terminado: na marca dos 2 minutos e 50 segundos.

O single recebeu crítica positiva da Sounds, um jornal britânico semanal, e recebeu Airplay crucial pela BBC Radio 1 e no programa noturno de John Peel, conseguindo permanecer nas paradas britânicas independentes por dois anos. "Bela Lugosi's Dead" foi imensamente influente na cultura gótica contemporânea e é considerada por muitos como a precursora da música rock gótica. O jornal britânico The Guardian, em um artigo de 2019 intitulado “Bauhaus os inventores do gótico”, classificou a música em 19º lugar em sua lista das 50 melhores músicas indie da história.

A música foi utilizada em diversos filmes e programas de TV, incluindo Smallville, The Curve, Good Luck Chuck, The Collector, Fringe, Supernatural e American Horror Story: Hotel, mas nada tão icônico quanto a cena de abertura do thriller vampiros de Tony Scott, Fome de Viver.



Gostou? Compartilhe!


Notícias relacionadas:

© 2020 by Black / Blue Rock News

  • White Facebook Icon