Buscar

Pink Roof lança olhar feminino sobre relacionamentos abusivos em single de estreia.

Atualizado: Set 24

Criada no início deste ano, a banda de mulheres estreou nas plataformas digitais com faixa inspirada em referências do rock moderno e clássico.




Reflexões sobre os relacionamentos contemporâneos dão o tom da estreia da banda de rock Pink Roof. Formado somente por musicistas mulheres, o trio, que tem marcado presença nas redes sociais em lives promovidas por festivais independentes, como o Alento Alternativo, estreia na cena musical com a faixa “Jealous”, primeiro single do álbum “Explicit”, cujo lançamento está previsto para o fim deste ano.

Sob uma sonoridade híbrida entre o clássico e o moderno inspirada por referências clássicas da cena alternativa internacional e nacional, entre elas Far From Alaska, Queens of the Stone Age e Paramore, a música explora, sob a perspectiva feminina, as nuances tóxicas de um relacionamento marcado pela dependência emocional, posse e ciúmes incontroláveis. “A música é sobre um relacionamento caótico que é tóxico dos dois lados, sem distinção. São duas pessoas que, apesar de se amarem, constantemente fazem mal uma para a outra e, no entanto, não conseguem viver separadas”, conta Isabela.

A temática psicológica é o fio condutor do disco, no qual cada faixa é uma metáfora aos sentimentos e dificuldades vividos durante o processo de crescimento pessoal e emocional em diferentes momentos da vida. Diante das restrições impostas pelos protocolos de segurança em combate ao COVID-19, a faixa foi gravada de forma remota, com cada membro em suas respectivas casas.

“Jealous” é o primeiro dos três singles que estarão disponíveis nas plataformas digitais antes do lançamento oficial do álbum de estreia. Produzido por Celo Oliveira, o single tem composição assinada por Isabela Lorio, vocalista e idealizadora do grupo, e arranjos pela baixista Giulia Brandão e baterista Carol Rezende.

Sobre a banda:

Um projeto antigo da musicista Isabela Lorio, a banda já participou de diversos festivais online, como o Alento Alternativo, como uma opção ao cancelamento dos primeiros shows devido à pandemia. Como forma de integrar a divulgação do primeiro lançamento, as integrantes Isabela, Carol Rezende e Giulia Brandão também têm se apresentado individualmente em projetos digitais, como a iniciativa “Quarantine Sessions” do grupo Radio Front.

Inspirada pela repercussão de uma série de apresentações realizadas em 2017 ao lado da baterista Carol Rezende, Isabela Lorio, então, decidiu retomar com o projeto de longa data e criou a banda no início deste ano após Carol e Giulia, indicada por um dos integrantes do Radio Front, terem aceitado o convite. Nascido da carência da representatividade feminina no cenário musical independente, principalmente no gênero Rock, o trio se inspira em nomes renomados de diferentes gerações que fizeram história com sua individualidade e veemência sonora, estética e política no âmbito fonográfico. “Representatividade sempre foi algo muito importante pra mim. De família musicista, cresci rodeada de referências, entre elas Joan Jett, Hayley Williams, Alanis Morissette e Stevie Nicks, que para mim são artistas incríveis e mulheres totalmente confiantes de si no meio de uma cena dominada por homens. Se eu passar metade da confiança e inspiração que essas cantoras me passaram para outra garota, meu sonho já será realizado", reflete Isabela Lorio.

Acompanhe a banda:



Gostou? Compartilhe!


© 2020 by Black / Blue Rock News

  • White Facebook Icon