Buscar

Especial de Dia dos Namorados: Just Like Heaven – The Cure.

Atualizado: Set 12

Como os mestres do gótico escreveram uma das melhores músicas românticas de todos os tempos.



Dia dos namorados e nada melhor que apreciarmos uma boa música romântica. Mas se analisarmos a maior parte das músicas românticas, elas são na verdade tristes, histórias de amores perdidos, corações partidos, traições e tragédias.


Este não é o clima que quero para meu dia dos namorados, quero a felicidade de um amor correspondido, a celebração de um coração alegre, a exaltação de almas que se encontraram. As vezes o amor está onde menos esperamos e curiosamente fui encontrar o que buscava no The Cure.


Mas como os mestres do gótico escreveram uma das melhores músicas românticas de todos os tempos? Na verdade, se passarmos da discriminação pelo histórico pós-punk e do visual gótico, o The Cure escreveu algumas das músicas pop mais icônicas do mundo. Durante os anos 80 e 90, Robert Smith e companhia entregaram uma variedade de faixas perfeitas destinados a fazer parte das melhores playlists.


"Eu nunca fui um grande fã de ironia", disse Smith, talvez este seja o motivo pelo qual esse devaneio de amor, direto, sincero, singelo e simples seja é sua música favorita do Cure. A faixa escrita em 1987 e lançada no álbum duplo Kiss Me, Kiss Me, Kiss Me, é responsável pelo estouro da banda nos Estados Unidos, sendo o primeiro single deles a atingir o Top 40 daquele país.


Segundo Smith, "a música é sobre hiperventilar, beijar e desmaiar no chão". A letra foi inspiradas em uma viagem com sua então namorada (e futura esposa) Mary Poole para Beachy Head, no sul da Inglaterra. Smith disse que a linha de abertura da música ("Mostre-me, mostre-me, mostre-me como você faz esse truque") é um refere-se tanto as de suas memórias de infância, de dominar truques de mágica, mas também de um truque de sedução que viria mais tarde na sua vida. O amor por trás da história da música não para na letra, durante a gravação as namoradas dos integrantes da banda se sentavam no sofá na parte de trás da sala de controle e davam notas sobre como a música estava ficando.


O vídeo, dirigido por Tim Pope, foi filmado no Pinewood Studios, recriando um penhasco com vista para o mar, conforme as memórias detalhadas por Smith dos eventos que inspiraram a música.

Gostou? Compartilhe com os amigos!


Notícias relacionadas:

© 2020 by Black / Blue Rock News

  • White Facebook Icon